terça-feira, 7 de agosto de 2007

Caminhando com a Ana e Mia


Fiquei um tempo sem escrever no blog, porque estava deprimida, talvez pela abstinência da comida. Mas pouco a pouco o meu corpo está mais acostumado e aplaudindo!
Estou atualmente em um círculo vicioso, do qual quero me livrar, ou pelo menos, não fazer com tanta freqüencia: comer e depois miar.
É automático: basta eu cair em tentação para depois colocar pra fora. Me dá uma sensação de alívio, mas tenho a plena consciência, que assim estou dando um passo a frente e outros dois para trás!
Na verdade, se deve recorrer a Mia, em casos emergenciais, é igual a mãe e o pai: naquele aperto onde vc não vê nenhuma saída! A Ana é como aquela melhor amiga, que podemos contar tudo o que nunca, nem em sonho, poderemos desabafar com nossos pais.
A Ana é aquela amiga, que, se vc for fiél a ela, ela nunca vai te abandonar, e o que é melhor: com ela a nossa auto-estima vai as alturas, principalmente, quando a cada dia, vc ver as suas calças cada vez mais largas e os seus ossos aparecendo!!
Preciso treinar o meu foco, pois sinto que estou o perdendo, e o foco é uma das armas que tenho que lançar rumo ao meu objetivo.
Semana que vem vou entrar de férias do trabalho, e, vou aproveitar esse tempo livre e me dedicar mais a academia! Nesse período tenho que ficar esperta para não ser pega pela compulsão e por conseqüencia miar.
Sexta - feira vou fazer 26 anos... queria comemorar essa data com alguém especial, mas infelizmente sou muito sozinha...
Faz tempo que não namoro. Em partes é bom, mas chega certos momentos que incomoda...
Nos meus relacionamentos anteriores, só me decepcionei, nunca fui respeitada e amada de verdade. Os garotos só me usavam, me faziam de boba...
E essa dificuldade nos relacionamentos é bem óbvio, estou fora dos padrões! Por mais que uma mulher gorda fique com alguém, dificilmente um relacionamento engata, pois sempre o cara vai compará - la a outras mulheres mais magras.
No meu último namoro fracassado foi assim, tanto que o meu ex está namorando e super apaixonado pela sua atual - bem mais magra!
Tem um colega meu do trabalho, que é gordo, que disse na minha cara, que jamais namoraria uma mulher tão gorda tanto, alegando que de gordo já basta ele próprio!
Sem contar que o meu trabalho na empresa não tem tanta notoriedade, quanto o das minhas colegas mais magras.
Resumindo: Mesmo enormes, os gordos são invisíveis pela sociedade, por mais que um gordo produza mais que um magro, o magro é que sai na frente!
Para se ter uma idéia, estou batalhando por um aumento de salário a meses, desde que eu fui transferida de cargo, e por mais que demonstre a minha competência, vejo uma colega que está a menos tempo que eu ( e mais magra, obvio!), que já conseguiu um aumento!
Pior que seria burrisse da minha parte, largar o meu emprego, pois, sabe Deus se vou ter facilidade de arrumar outro tão rápido, pois se eu for a alguma entrevista, vou ser julgada antes mesmo de apresentar o currículo!
Quando emagrecer uns 30 kg, talvez eu pense em alguma possibilidade de mudar de emprego...
Por enquanto vou ficando por aqui mesmo...

Um comentário:

scap~] disse...

feliz aniversário atrasado!
(^_^)
não nos conhecemos, acabei de achar seu blog, mas quis comentar, só pra dar parabéns pelo niver, e porque gostei da tua sinceridade no post...tipo, é muito bom quando a gent consegue escrever o que pensa, né?! quando a gent escreve, parece que vai organizando as idéias aos poucos... dá um alívio... escreva sempre que precisar desabafar! vai "limpando" por dentro...
beijinho! [fique a vontade se quiser visitar meu blog tb!]