quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Ser Magra Para Ter Paz!!


É tudo que mais quero na vida!
As pressões são cada vez mais constantes em minha vida: um almoço em casa de parentes, ou receber a visita deles em casa, meus pais (principalmente minha mãe), meu irmão...
O que deveria ser prazeroso para uma pessoa normal, pra mim é um martírio!
Odeio ser rotulada, apontada e criticada!!! É constrangedor, é cruel!!!
Mas eu sou forte!!! A cada pressão que sofro, serve de combustível para eu ficar longe da comida - minha maior inimiga!
Me sinto só... não tenho amigos... nem namorado... Ninguém quer uma gorda do lado.
Óntem fiz uma dieta líquida. Durante o dia fui muito bem, mas a noite cometi um deslize e acabei comendo um pacotinho de Clube Social. Tive que tomar uma cartela de Lacto - Purga para me livrar dele e começar tudo de novo.
Hoje deu certo! Segui a risca!
No começo eu não conseguia me controlar diante da comida. Agora me sinto mais forte e poderosa, principalmente quando percebo minhas roupas mais largas!
Mas o caminho é longo... Me olho no espelho e vejo que falta muuuuuito pra chegar lá, mas a Ana e Mia estão comigo para me dar a força que preciso!
Eu sempre tive a Mia, só que não tinha a disciplina da Ana. Antes, ia ao mercadinho ou padaria perto de casa, me enchia de salgadinhos, sorvetes e doces e tomava Lacto - Purga com Chalax... aargh!! Só de pensar me dá até arrepios daquele chá é horrível, me dava ânsia de vômito!
Depois aprendi a miar com o cabo do meu limpador lingual, mas ainda sim não sinto que sai tudo... tenho sempre a sensação de que o lixo ainda está em mim...
Eu enfio o cabo na garganta se eu não tiver laxantes por perto... sempre esqueço de comprar.
Costumo também alternar as marcas dos laxantes quando o meu organismo se acostuma a um deles, ou então apelo para o chá de sene bem forte. Funciona!
As vezes me bate um desespero... aquela urgência em ser magra!
O que me dá raiva, é que quando vou a algum médico, além de ser recebida com aquela expressão de desprezo, ele não me receita um moderador de apetite ao menos! Que raiva!!!
Como eu me odeio por ser gorda! Muitas oportunidades escaparam por entre meus dedos por causa do meu corpo. Perdi namorado, perdi roupas, perdi a vontade de sair de casa, perdi meu amor próprio...
Eu sinto uma raiva do meu ex-namorado ainda morando em meu peito... Queria que ele sofresse da mesma forma que eu sofri, quando ele me rejeitou...
Só de lembrar quando ele me disse que chegou a tentar a gostar de mim, o sangue sobe a minha cabeça!!!
Imagine vc estar namorando por 5 meses, se apaixonar por ele e vc descobrir da maneira mais cruel possível, que ele tinha pena de vc e não amor!!! Deveria ter desconfiado, fui muito ingênua.
Agora preciso emagrecer antes me envolver novamente, pois, me sentirei mais segura e não correrei riscos de encontrar um cara que sinta pena de mim ao invés de desejo.

Um comentário:

Beatriz disse...

preciso mto saber como vc consegue comprar laxantes e/ou diuréticos, as farmácias que eu fui exigem prescrição médica ;~